Quando trabalho parece que o tempo para!

Quero inspirar as pessoas, fazer uma diferença concreta em suas vidas!

Adriano iniciou sua vida profissional aos 17 anos trabalhando com o pai na serraria de granitos da família em São Paulo. Aos 19 se mudou para os EUA onde viveu por 20 anos. Inicialmente trabalhou numa pizzaria em São Francisco lavando pratos, fazendo entregas e pizzas. Após um ano voltou ao Brasil até que alguns meses depois surgiu uma oportunidade de mudar-se para Miami e abrir uma empresa de importação de pedras naturais em parceria com o irmão e primos. Em 1992, após 4 anos no continente americano mudou-se para o Havaí à convite de uma multinacional espanhola para abrir uma filial da empresa nas ilhas. Durante todos esses anos a Arte esteve sempre presente, porem em segundo plano.

Em 2005 participando de uma vivência de fim de semana no Brasil teve uma experiência extraordinária, um verdadeiro despertar que mudaria sua vida. Simultaneamente encontrou Alina, sua companheira. Após alguns meses retornou definitivamente ao Brasil com o propósito de difundir para mais pessoas o trabalho atualmente chamado Despertar.

Nos dez anos seguintes se envolveu profundamente com o trabalho de desenvolvimento pessoal inclusive profissionalmente. No início de 2017 passou a dedicar-se à arte e à criação de produtos voltados para decoração e construção. Atualmente exerce ambas atividades.

“Seja através das peças que crio ou das dinâmicas em grupo, sinto muita satisfação em conectar com as pessoas e contribuir fazendo uma diferença concreta para que melhorem suas vidas.”

Com a arte aprendi que tudo tem realmente um propósito e que os chamados acidentes podem se transformar nas mais belas surpresas.

Arte

só acontece no momento presente,
não necessita explicações,
é muito mais do que qualquer ideia que a mente possa conceber.

O inesperado revela a força criativa e nos oferece a oportunidade de perceber que também SOMOS ÚNICOS e ILIMITADOS. Ao investigar formas, cores e texturas sem um objetivo previamente definido é possível experimentar o momento da criação fluindo livremente, sensações e movimentos se fundem criando algo até então inexistente!